Porto Novo, 06 Mar (Inforpress) – Porto Novo, Paul e Ribeira Grande de Santo Antão estão entre os oito municípios cabo-verdianos que, entre 2017 e 2019, beneficiam da Plataforma  para o Desenvolvimento Local – Objectivo 2030, um programa financiado pelo Governo do Luxemburgo, em 220 mil contos.

Para o edil do Porto Novo, este programa constitui mais uma oportunidade de desenvolvimento para a ilha de Santo Antão que, através dos seus três municípios vai poder apresentar à plataforma, projectos com impactos na criação de empregos, inclusão social e na redução das disparidades locais.

Segundo Aníbal Fonseca, que falava hoje no acto de apresentação do programa aos parceiros de desenvolvimento local, no Porto Novo, uma das razões que levaram à escolha dos três municípios de Santo Antão pelo programa tem a ver com a experiência já demonstrada pela ilha a nível de planeamento e descentralização, que pode ser maximizada e aproveitada no quadro do processo de descentralização em Cabo Verde.

A apresentação da Plataforma para o Desenvolvimento Local e Objectivo 2030 foi feita pela directora da Unidade de Desenvolvimento Local, Francisca Santos, que explicou que neste momento está-se a realizar encontros nos concelhos, visando a criação das condições para a implementação efectiva do programa.

A Plataforma para o Desenvolvimento Local e Objectivo 2030 tem o financiamento, em cerca de dois milhões de euros, do Governo do Grão-Ducado do Luxemburgo, que vai ser executado pelo gabinete do primeiro-ministro, através da Unidade de Desenvolvimento Local, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Francisca Santos procedeu ainda à apresentação do quarto Fórum Mundial sobre o Desenvolvimento Económico Local, que decorrerá, em Cabo Verde, entre os dias 17 e 20 de Outubro deste ano, na Cidade da Praia.

Francisca Santos, que preside a comissão organizadora do fórum, explicou se trata de um evento que visa, essencialmente, promover Cabo Verde como destino turístico e que reunirá cerca de dois mil participantes nacionais e internacionais.

Trata-se de um acontecimento que tem lugar de dois em dois anos, já realizado em Espanha (2011), no Brasil (2013) e em Itália (2015).

O quarto Fórum Mundial sobre o Desenvolvimento Económico Local está a ser organizado pelo Governo de Cabo Verde, em parceria com Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde, com o apoio do PNUD e da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O autarca do Porto Novo informou que o seu município terá uma participação activa nesse evento, durante o qual espera apresentar algumas experiências ligadas à integração comunitária e desenvolvimento local já desenvolvidas neste concelho da ilha de Santo Antão.

Destacou, a título de exemplo, os projectos desenvolvidos com sucesso em Monte Trigo (electrificação dessa comunidade com energias renováveis) e em Casa de Meio (aproveitamento da agricultura para a reconversão das frentes de trabalho).

JM/FP

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.