Cidade da Praia, 17 Mar (Inforpress) – A Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) aprovou hoje, na primeira reunião ordinária do Conselho Intersectorial, o Plano de Actividades para 2017 que aposta no pré-escolar para a prevenção na mudança de mentalidade.

Em declarações à imprensa, a margem da reunião, a secretaria executiva da CCAD, Fernanda Marques, disse que com a provação do plano de actividades para 2017, a comissão deu um contributo valioso nesta matéria por conduzir a uma acção concertada e a consciencialização da população de que as “toxicodependências” constituem um problema grave para a sociedade.

“Trata-se de um plano intersectorial em que temos vários parceiros, em que cada área reforça a outra. O lado da coordenação que é fundamental, assim como a legislação e fiscalização e a prevenção nos contextos comunitário, laboral, escolar, pré-escolar e outro”, asseverou.

Segundo Fernanda Marques, este plano além de chegar a vários sectores, abarca, ainda, vários públicos alvos, entre elas as famílias, as crianças e os jovens.

Referenciado as mudanças que se quer com o plano de actividades, a secretária executiva da CCAD apontou o pré-escolar como um meio em que se vai trabalhar a vertente promoção, tendo em conta os hábito saudáveis para as crianças, focalizando o que é bom e mau para a saúde.

As evidências, sublinha, tem mostrado, cada vez mais, que o que dá melhores resultados não é falar das substâncias em si, mas sim tratar das outras coisas que podem desenvolver as competências pessoais e sociais nas crianças e jovens.

Para o presidente da Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD), o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário trata-se de uma primeira reunião em que foram efectuadas informações relevantes sobre a matéria, assim com recomendações para os próximos passos.

“O CCAD vai ocupar-se agora do álcool e drogas, que precisam ser tratados nos serviços da saúde e através de uma política virada para a prevenção, tratamento e acompanhamento. É evidente que a problemática do álcool e da droga não se restringe a questão de saúde, mas é um problema multissectorial e multidimensional que reuni diferentes ministérios e serviços”, realçou.

A CCAD é um organismo Interministerial de âmbito nacional que funciona sob a Superintendência do membro do Governo responsável pela área da Saúde e que goza de autonomia administrativa e financeira.

A comissão tem como missão contribuir para melhoria da saúde e do bem-estar das pessoas graças à redução do uso nocivo das substâncias psicoactivas lícitas e ilícitas e do fardo das doenças resultantes do uso, bem como garantir a coordenação das acções e a execução de políticas e estratégias definidas para o álcool e para as outras drogas em Cabo Verde.

PC/AA

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.