Espargos, 13 Mar (Inforpress) - A coordenadora residente das Nações Unidas, Ulrika Richardson-Golinski, inicia quarta-feira uma visita de dois dias ao Sal para se inteirar da realidade económica, cultural e social da ilha turística, a convite da Câmara Municipal.

Ulrika Richardson-Golinski, que chega à ilha na noite de terça-feira, depois do encontro de cortesia com o edil, Júlio Lopes, vai conhecer a realidade da Escola Municipal de Artes Tututa, do Centro de Dia de Idosos e do Gabinete de Apoio a Vítimas da Violência Baseada no Género.

Visita ao Museu do Sal – Centro Cultural de Santa Maria e os assentamentos informais de Alto Santa Cruz, Alto São João e Terra Boa, constam também da sua agenda de trabalho.

Ao longo da sua estada na ilha, a coordenadora residente das Nações Unidas visitará ainda alguns pontos de interesse turístico, nomeadamente Salinas de Pedra de Lume e Buracona.

Ulrika Richardson-Golinski, que ficará no Sal até quinta-feira, aproveita a ocasião para também ter encontros de trabalho com os responsáveis da Câmara de Turismo de Cabo Verde, do Centro de Emprego e Formação Profissional, com a Associação Verdefam, com os representantes do ICCA, designadamente do Projecto Nôs Casa, entre outros planos.

SC/CP

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.