Espargos, 17 Mar (Inforpress) – O primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva incentivou os promotores turísticos, quinta-feira à noite, na ilha do Sal, e garantiu que vai criar todas as condições para que continuem a investir no país.

Ulisses Correia e Silva fez essas considerações na cerimónia de inauguração do primeiro casino de Cabo Verde instalado no Sal, tendo sublinhado que testemunhou o acto com grande interesse e entusiasmo já que, conforme acentuou, representa confiança, ousadia e diversificação da oferta turística no país.

Entretanto, anunciou que em Setembro, Cabo Verde contará com mais um empreendimento destes mesmos promotores - o Hotel Hilton -, e reiterou que isso afigura-se um aumentar de confiança no desenvolvimento turístico da ilha do Sal e de Cabo Verde.

“O Governo continua fortemente empenhado em criar todas as condições para que continuem a investir no país, porque a economia precisa de bons investidores, precisa do investimento público, do enquadramento de políticas - que é a nossa responsabilidade -, e precisa de quem acredite e faz as coisas acontecerem”, sublinhou.

O chefe do executivo aproveitou o momento para, em síntese, apresentar aquilo que são as grandes linhas da política do Governo no que tange ao desenvolvimento do turismo nos próximos tempos e que, conforme disse, já começou a ser executado.

Àquilo que compete ao poder público, Correia e Silva assegurou que o executivo vai fazer investimentos que garantam que o destino Cabo Verde seja seguro, de qualidade ambiental, urbana, um destino inclusivo, que representa a identidade e a cultura cabo-verdiana.

Por seu turno, Jacques Monier, um dos proprietários do Royal Casino, disse com satisfação, que nunca imaginara, depois de pela primeira vez ter vindo a Cabo Verde, em 2005, que onze anos depois teria o privilégio de reunir os mais importantes actores políticos e económicos do país, para juntos participarem da cerimónia oficial de abertura do primeiro casino de Cabo Verde.

“Para chegar aqui o caminho foi muito longo, mas conseguimos. E não vamos parar por aqui”, disse.

O Royal Casino está instalado no Holtel Hilton, na Avenida dos Hotéis, na cidade turística de Santa Maria.

Aberto ao público e a operar desde Dezembro do ano passado, o investimento é de cinco milhões de euros, mas o projecto global​ envolve cerca de 66 milhões de euros. O Royal Casino emprega mais de 80 pessoas, na sua maioria cabo-verdianas que receberam formação na área.

O contrato assinado em Abril de 2013, no Sal, entre o então ministro da Economia e Turismo, Humberto Brito e pelo representante da Royal Casino, Jacques Monier permite esta empresa a exploração de jogos de fortuna ou azar em casino por um período de 25 anos em Cabo Verde, sendo sete em regime de exclusividade.

SC/FP

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.