Achada Igreja, 14 Mar (Inforpress) - O presidente da Câmara municipal de São Salvador do Mundo, Ângelo Vaz, disse hoje que a visita do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva ao seu concelho é sinal de engajamento do Governo para com os municípios.

De acordo com o autarca, o primeiro-ministro vai iniciar quarta-feira à tarde um périplo pelo concelho de São Salvador do Mundo, onde entre outros aspectos vai testemunhar a assinatura do protocolo de cedência de terrenos do Estado ao município.

De seguida, a comitiva do chefe do Governo vai visitar algumas localidades encravadas, como Picos Acima e Covão Grande e tomar pulso da obra do mercado municipal em construção “N`guli Lança Shopping”.

Para o autarca, esta visita é "sinal de abertura e de comprometimento", por isso vão aproveita-la para trazer à tona algumas necessidades que o município enfrenta neste momento, para que juntos possam "selar uma nova era " entre o poder local e central.

Projectos estruturantes para o município, como a questão do desencravamento das localidades, a agricultura, o comércio local, a juventude e o desporto são alguns temas que a edilidade vai colocar em cima da mesa.

No que concerne o desencravamento, o edil avançou que pelo menos já há algum entendimento e comprometimento entre a Câmara Municipal e o Governo sobre uma intervenção na estrada de Picos Acima.

"Vai ser realidade nos próximos tempos, porque esta infraestrutura para além de servir a maior comunidade do município, também vai atacar questões como o escoamento dos produtos agrícolas, vai proporcionar o desenvolvimento do turismo local, porque é uma zona belíssima", frisou.

Lembrou, por outro lado, que o município vai receber alguns prédios rústicos e urbanos na zona de Achada Leitão e em Achada Igreja, que são propriedades do Estado, o que irá fazer com que o município tenha mais capacidade de gestão sob o território e também mais capacidade de arrecadação de receita.

O autarca vai proporcionar a Ulisses Correia e Silva uma visita à obra em curso do centro comercial “N`guli Lança Shopping”, segundo disse, para que juntos possam encontrar uma solução para a conclusão dessa obra.

"O prédio já está edificado, mas falta o acabamento e apetrechamento com mobiliários e isto vai exigir algum recurso financeiro, que neste momento a câmara municipal não tem, por isso, pensamos que associando a parceiros, e neste caso o Governo, vamos tentar encontrar uma solução para conclui-la”, sublinhou.

AM/FP

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.