Mindelo, 15 Mar (Inforpress) – O presidente da Comissão Especializada de Ambiente e Ordenamento do Território (CEAOT), no Parlamento, Luís Carlos Silva refutou hoje as acusações do seu vice, Moisés Borges, segundo as quais terá convocado tardiamente a última sessão dessa comissão.

Luís Carlos Silva refuta a acusação e afirma que Moisés Borges está a “faltar com a verdade” e andar à procura de um “bode expiatório para explicar o inexplicável”.

Na terça-feira, 14, Moisés Borges justificou publicamente a ausência de deputados do PAICV na reunião da CEAOT realizada na segunda-feira, 13, alegando que a convocatória para esse encontro terá sido distribuída tardiamente, mas hoje, a meio da tarde, a presidência da comissão, na pessoa de Luís Carlos Silva, afirma o contrário.

Em comunicado de imprensa emitido na cidade do Mindelo, onde se encontra, o presidente da comissão garante que a convocação da reunião para segunda-feira, com o objectivo de propor a auscultação de intervenientes no processo do Novo Banco, da criação à extinção, “cumpriu cabalmente” as regras estipuladas nos regimentos tanto do Parlamento quanto da comissão em apreço.

O comunicado da comissão não indica, contudo, se a CEAOT irá ou não convocado nova reunião para se debruçar sobre a extinção, esta semana, do Novo Banco.

AT/FP

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.