Cidade da Praia, 16 Mar (Inforpress) - A próxima ronda de negociações com o sindicato visando discutir as reivindicações dos trabalhadores do Hotel News Horizons, na Boa Vista, está agendada para final do mês de Março, informou hoje, na Praia, uma fonte sindical.

"As negociações estão em curso. O SITTHUR e a direcção do Hotel News Horizons reuniram-se em sessão de trabalho, esta quarta-feira, na Direcção Geral de Trabalho (DGT), mas o processo negocial não foi concluído”, explicou o secretário permanente do SITTHUR, Carlos Lopes, em declarações à Inforpress.

O sindicalista disse, entretanto, que o diálogo visando solucionar as reivindicações dos trabalhadores vai continuar, na próxima ronda negocial (a terceira), no final de Março.

A DGT comprometeu-se em fazer um levantamento de salários praticados em várias unidades hoteleiras, permitindo fazer uma análise comparativa na tomada de uma decisão final, na próxima ronda negocial, confirmou Carlos Lopes.

“A negociação ainda não está concluída. Vamos reunir antes do final do mês de Março para tentarmos concluir o processo. A DGT ficou de fazer a articulação com as partes envolvidas para a realização de uma terceira ronda negocial”, precisou.

A primeira fase da greve encerrou com a suspensão do pré-aviso de greve dos trabalhadores do Hotel News Horizons na Boa Vista nos dias 02, 03 e 04 de Março, para dar mais espaço de tempo à negociação.

A decisão sobre a suspensão do pré-aviso de greve, segundo a SITTHUR, saiu das conversações levadas a cabo, sob mediação da DGT, a pedido da direcção do antigo hotel Decameron que alegou necessitar de mais algum tempo.

Na ocasião, as partes envolvidas (trabalhadores e direcção do hotel News Horizons) acordaram em suspender as negociações para serem retomadas no dia 13 de Março, último.

“O hotel alegou necessitar de mais algum tempo para poder articular com a administração do grupo as propostas sindicais relativamente aos salários”, lê-se na nota enviada à Inforpress.

No documento, o SITTHUR avisou, entretanto, que se trata de uma medida provisória e que caso não houver negociação, ou seja, “se a questão salarial não venha a ser resolvida a contento, os trabalhadores vão voltar à greve num curto período de tempo”.

De entre as reivindicações apontaram a actualização dos salários que são “baixos” desde o início do funcionamento do hotel em 2009, informação da mudança de nome do hotel de Decameron para News Horizons, uma situação que preocupa os trabalhadores tendo em conta a situação laboral e se não terá implicações nos seus contratos.

Os trabalhadores reclamam ainda a melhoria da qualidade de alimentação, tratamento de respeito e consideração aos trabalhadores por parte dos dirigentes da empresa, respeito pelo horário estabelecido, suas alterações e descanso semanal, pagamento do trabalho extraordinário e em dias de descanso semanal e feriados, nos termos da lei, e respeito pelo direito a férias.

JL/ZS

Inforpress/Fim

estatuto

Assinaturas Inforpress

paywall4

01Notícias Relevantes Fique sempre informado sobre os principais acontecimentos de Cabo Verde e do Mundo.

02Informação de Qualidade Produzimos informação com independência, rigor e qualidade.

03Diversidade de Cobertura Pomos à disposição do público informação actualizada sobre os mais variados aspectos.